BLOG

 Em

3 alimentos que fortalecem a imunidade

A vida na Terra é um esforço estressante para todos os seres vivos. Esse estresse proporciona um estímulo adaptativo para a vida vegetal e animal para se tornar mais forte e resistente. Certos alimentos se adaptaram ao longo dos séculos para ter incríveis propriedades de aumento do sistema imunológico.
Toda a vida na natureza deve proteger-se continuamente a partir dos elementos e agressões ambientais. Isso inclui mudanças climáticas, microorganismos, luz UV, etc. Ervas e plantas se adaptaram com poderosas capacidades antimicrobianas e antioxidantes para dar-lhes uma vantagem de sobrevivência. Quando consumimos esses alimentos, nós nos beneficiamos dessas propriedades.

Alho
O alho é um dos antibióticos da natureza. Devido aos seus poderosos nutrientes que estimulam a imunidade, o alho é classificado como um superalimento. O consumo de alho pode ser uma das melhores defesas contra a infecção e doenças inflamatórias.
O alho contém mais de 100 componentes biologicamente ativos, incluindo alicina e compostos de enxofre. Estes dois compostos atuam como poderosos antibióticos, agentes antivirais e antifúngicos que têm um incrível efeito imuno-estimulante. Além disso, o alho é também utilizado para reduzir a pressão sanguínea e o colesterol.
Orégano
A capacidade antioxidante do orégano é de 3 a 20 vezes maior do que qualquer outra erva, 12 vezes maior que da laranja e 42 vezes maior do que da maçã.
Estudos têm mostrado que o carvacrol, um antioxidante fenol encontrado no orégão, tem uma atividade anti-inflamatória e antimicrobiana potente quando aplicado a alimentos ou tomado em forma de suplemento. O orégano também contém ácido rosmarínico, que tem propriedades que combatem o câncer.
Uma pesquisa recente mostrou que o orégano é significativamente melhor do que todos os 18 antibióticos atualmente utilizados no tratamento de infecções por estafilococos MRSA. Os fortes antioxidantes fenólicos destroem bactérias patogénicas, vírus e leveduras.
Gengibre
O gengibre é composto de vários óleos voláteis que lhe dão o seu sabor e odor característico. Estes óleos são potentes antibacterianos, antivirais, antifúngicos e antiparasitários.
O gengibre é conhecido por reduzir a náusea relacionada a febre e enjoos. Além disso, ele ajuda na produção de bílis, tornando-o particularmente útil na digestão de gorduras.

Deixe um comentário